NOTÍCIAS

Quinta-feira, 13 de Julho de 2017, 23h:39

Olho 6 acessos A | A

Cuiabá pode registrar 9, Cáceres 7 e Chapada dos Guimarães 1 grau na próxima semana

A chegada de uma massa polar vinda do Sul deve reduzir as temperaturas na Baixada Cuiabana a partir deste fim de semana.

Com a frente fria que chega na próxima semana, os dias poderão ser os mais frios do ano de 2017 na Capital e região.

Conforme a previsão do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), no domingo (16) os termômetros podem marcar mínima de 19 graus em Cuiabá, mínima de 16 graus em Cáceres e 12 graus em Chapada dos Guimarães.

Na segunda-feira (17), as temperaturas devem ficar ainda mais baixas. A expectativa é que a mínima possa ser de 13 graus em Cuiabá. O sol deve aparecer entre muitas nuvens durante o dia, porém nada extremo. Não há previsão de chuva e a umidade relativa do ar fica em 48%.

Em Cáceres a segunda-feira (17) pode chagar a 8 graus e máxima de 26 graus.

Já em Chapada dos Guimarães, a segunda-feira deve ser de ventos fortes, nebulosidade alta e garoa durante o período da noite. A mínima deve ser de 7 graus e máxima de 23 graus.

Na terça-feira (18), o frio pode ficar intenso para os cuiabanos, que costumam conviver com altas temperaturas. A previsão é de que a mínima a ser registrada pelos termômetros na Capital, possa ser de 9 graus. Não há possibilidade de chuva.

Em Chapada do Guimarães a temperatura mínima indicada pelo Inpe é de apenas 1 grau, sendo que em Cáceres a temperatura mínima pode chegar 7 graus.

Na quarta-feira (19), o céu deve ficar completamente nublado na Capital, sem possibilidade de chuva e com ventos de 7 km/h. A mínima deve ser de 9 graus e máxima fica na casa dos 25 graus.

Já em Cáceres a quarta-feira deve ser de frio ainda com mínima de 9 graus e máxima de 23 graus.

Em Chapada dos Guimarães, o céu também ficar completamente nublado durante o dia. O período da noite deve ser de nebulosidade alta, com garoa. A umidade relativa do ar fica em torno de 88%. A mínima registrada deve ser de 4 graus e máxima de 22 graus.


IZABELA FAUSTINO - DA REDAÇÃO