PEQUENOS PITACOS

Sexta-feira, 29 de Setembro de 2017, 13h:23

Olho 818 acessos A | A

2018

LADEIRA ABAIXO

Vivendo o pior momento do seu mandato.

Por: O Documento

DIDA SAMPAIO/AGÊNCIA ESTADO/AE

Clique para ampliar

Ao se aproximar do último ano de gestão, o governador Pedro Taques (PSDB) vive o pior momento do seu mandato. Com as finanças em frangalhos, déficit deste ano deve superar a casa dos R$ 2 bilhões, o chefe do Executivo vê atônito a prisão de cinco assessores do primeiro escalão. São eles: Zaqueu Barbosa (Comando Geral); Paulo Taques (Casa Civil); Evandro Lesco (Casa Militar); Airton Siqueira (Justiça) e Rogers Jarbas (Segurança). Para piorar ainda mais a situação, o secretário de Comunicação, Kleber Lima, foi afastado do cargo, acusado de assedio sexual contra uma servidora do Gcom. E mais: azedou de vez a relação institucional com os poderes, em especial, o Tribunal de Justiça e Ministério Público. Comenta-se que se algo não for feito nos próximos dias, Taques corre sério risco de perder a governabilidade, ficando impedido de concluir o mandato até dezembro de 2018.