NOTÍCIAS

Quarta-feira, 26 de Julho de 2017, 09h:38

Olho 203 acessos A | A

Taques X Fávaro

O site O Antagonista, criado pelos jornalistas Diogo Mainardi e Mario Sabino, fez uma leitura do cenário político mato-grossense e previu os nomes da disputa eleitoral de 2018. Segundo os jornalistas, Pedro Taques (PSDB) pode enfrentar o próprio vice na tentativa de se reeleger. É que Carlos Fávaro (PSD) estaria sendo pressionado pelo setor produtivo a tomar a frente e encabeçar uma chapa. Ao mesmo tempo, Blairo Maggi (PP), segundo o site, vai apoiar o deputado Adilton Sachetti, que é do mesmo partido do ex-prefeito Mauro Mendes (PSB), o que pressupõe que nem mesmo Mendes estaria com Taques, caso siga orientação do partido. Por fim, a briga pelo Palácio Paiaguás ainda contará com Wellington Fagundes (PR).

Veja a avaliação de O Antagonista:

 

No Mato Grosso, mais um senador de olho no governo em 2018: Wellington Fagundes (PR), cujo mandato no Legislativo só vencerá em 2022. O atual governador, Pedro Taques (PSDB), suspeito de envolvimento em central de espionagem, tentará a reeleição. Seu vice, Carlos Fávaro (PSD), está sendo pressionado por representantes do agronegócio a disputar com o próprio Taques nas urnas. Blairo Maggi provavelmente lançará o deputado federal Adilton Sachetti (PSB), seu compadre. O senador José Medeiros (PSD) deverá tentar a reeleição. O deputado Nilson Leitão (PSDB) e o empresário do agro Zeca Viana, presidente do PDT no estado e desafeto de Taques, também se preparam para disputar o Senado.


Hipernotícias