PUBLICIDADE

X

ARTIGOS

Quinta-feira, 05 de Julho de 2018, 13h:41

Olho 412 acessos A | A

Luís Carlos Nigro

O banho na Salgadeira e a realização de um sonho

Por: Luís Carlos Nigro

Luís Carlos Nigro

Clique para ampliar

Num misto de alegria e orgulho pelo dever cumprido, participei no último sábado (02) da entrega do Terminal Turístico da Salgadeira. O antigo caminho dos viajantes tropeiros que ali paravam para salgar a carne (daí a origem do nome), também era um dos principais atrativos turísticos da região. Um dos meus maiores sonhos enquanto estive à frente da Secretaria Adjunta de Estado de Turismo, consequentemente, era vê-la reaberta à população. Conseguimos e a Salgadeira agora é uma realidade.

Não pude participar da entrega enquanto secretário, porque me afastei em abril passado da função para me dedicar a minha pré-candidatura a deputado federal pelo PSDB. No entanto, quando deixei a pasta, fiz tendo a certeza de que minha equipe estaria empenhada e daria sequência no trabalho que iniciamos. Não deu outra. E o resultado é um local belíssimo, moderno e seguro para receber bem os turistas.

Com entrada gratuita, o Terminal agora conta com um restaurante amplo, um minimuseu, uma loja de souvenir, um posto policial, um mini auditório, área administrativa, playground, paisagismo e duas guaritas. A novidade do projeto está na construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), bem como na instalação de 24 postes de oito metros de altura, com lâmpadas de LED movidas à energia solar.

E o nosso compromisso com a preservação do meio ambiente para um turismo sustentável não para por aí. Exemplo disso são os 540 metros de trilhas de metal que implantamos, por onde os visitantes poderão andar durante o passeio, evitando o contato com o solo e, consequentemente, sua depredação. O Terminal também tem mirantes, rampas e portas que permitem acesso de pessoas com deficiência, além de estacionamento com 100 vagas para veículos.

O Governo firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público do Estado (MPE), autorizando o banho na Salgadeira. A liberação foi possível após a aprovação do processo de licenciamento ambiental pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema).

Portanto, quero agradecer a confiança do governador Pedro Taques, que me deu como missão destravar esta importante obra, assim como a toda a equipe das Sedtur e ao deputado estadual Wilson Santos, à época secretário de Estado de Cidades. Sabia bem do tamanho do desafio, visto que a interdição do local pela Justiça Estadual foi em 2010, após o Ministério Público identificar problemas ambientais. As obras de revitalização foram iniciadas em 2014, com previsão de entrega até a Copa do Mundo, o que não ocorreu. Mas agora tenho a honra de convidar você, leitor, para desfrutar de bons momentos em família ou entre amigos na Salgadeira. Aproveite!

*Luís Carlos Nigro é empresário em Mato Grosso, foi presidente do Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes e secretário adjunto de Estado de Turismo.