PUBLICIDADE

X

ARTIGOS

Quarta-feira, 07 de Março de 2018, 21h:47

Olho 586 acessos A | A

DR. CARLOS EDUARDO

PARABÉNS MULHERES ACS E ACES

“Não me venha falar da malícia de toda mulher...” (Caetano Veloso)

Por: Dr. Carlos Eduardo

Dr. Carlos Eduardo

Clique para ampliar

Neste 08 de Março venho especialmente parabenizar todas as mulheres, mas peço a licença para dar um parabéns especial as MULHERES AGENTES COMUNITÁRIAS DE SAÚDE E AGENTES DE COMBATE A ENDEMIAS do Estado de Mato Grosso.  

Conhecer estas Guerreiras para mim foi uma das experiências mais fascinantes que já tive durante minha trajetória terrena.  

Elas são mulheres, mães, esposas, filhas, trabalhadoras, dupla jornada?  

Muito mais que isso, imagine uma jornada que se inicia nas primeiras horas matinais, como toda mulher terá os “breves” minutos para a sua própria vaidade pessoal, após, fará sua parte como mãe, ajudando na lida com seus filhos, ou na ajuda com seu companheiro (a), ainda que a mesma seja solteira, ou sem filhos, sempre com aquele espírito feminino, buscará dar o seu melhor na arrumação de sua casa, de seus pertences pessoais.  

Deixando seu lar, lá vai ela lidar em seu ambiente de trabalho com seus inúmeros pacientes, trajando botinas, chapéus, camisas desajeitadas, e um protetor solar que “atrapalha aquela maquiagem básica”, ainda assim não perdem o charme e encanto que é indissociável em toda mulher.  

Seus pacientes, além do auxílio quanto a sua saúde, ainda as buscas para auxiliar em suas relações pessoais, como salão de beleza, relações amorosas, familiares, tendências da moda...etc.  

Cuidam valorosamente de cada um de seus pacientes, após a exaustiva jornada de trabalho, ainda vai sobrar tempo para retorno ao seu lar, para seus afazeres domésticos e algumas vezes seu lazer.  

Sexo frágil?  

Jamais, enfrentam as ACS e ACEs, o machismo, os assédios sexuais e morais, a violência, animais ferozes, terrenos difíceis, chuva, sol, ventania, injustiças, ameaças, dias de TPM e por tudo isso recebem como remuneração R$ 1.014,00 (UM MIL E CATORZE REAIS), e ainda sobra tempo para VIVER! SER FELIZ! AMAR E SER AMADA!  

Ouvi uma frase dura mais certeira em um encontro que debatia direitos dos ACS E ACEs, “O PISO SALARIAL DA CATERGORIA É   R$ 1.014,00, SIMPLESMENTE PELO FATO DE QUE 90% DESTES PROFISSIONAIS SÃO MULHERES”!  

Triste realidade, mas verídica!  

Mas são estas mesmas que recebem este pífio piso salarial, que conseguiram POR DUAS VEZES MUDAR A NOSSA LEI MAIOR, A CONSTITUIÇÃO FEDERAL, algo inédito em nosso atrasado país.  

E são essas mesmas profissionais que com seu trabalho “invisível” que conseguem que epidemias não assolem nossos lares, que enfermidades não afetem nossas famílias, idosos e crianças.  

E são essas mesmas mulheres que conseguem humanizar o nosso tão combalido SUS.  

Dedico então meu parabéns a vocês amigas e guerreiras dos 141 municípios de Mato Grosso, e agradeço do fundo do coração pelo trabalho digno de amor ao próximo que desempenham junto as famílias de nosso Estado.  

Um grande abraço fraterno deste amigo!  

Dr. Carlos Eduardo