PUBLICIDADE

X

CIDADE

Quarta-feira, 01 de Janeiro de 2020, 22h:36

Olho 14513 acessos A | A

QUEIMADOS

Brasileiros tentam queimar residência de deputada boliviana e são queimados no próprio incêndio em San Matias

Por: Joner Campos I Cáceres Notícias

Reprodução

Clique para ampliar

Segundo as informações de populares os brasileiros teriam como intuito roubar a residência da Deputada Departamental Ceidy Carreño

Três brasileiros tentaram incendiar uma residência no povoado de San Matias, situado na fronteira da Bolívia com o Brasil, no início da madrugada da quarta-feira (1), porém acabaram por serem queimados no próprio incêndio que provocaram.

Segundo as informações de populares, os brasileiros teriam como intuito roubar a residência da Deputada Departamental Ceidy Carreño em San Matias. Ainda de acordo com as informações de populares, o grupo teria ateado fogo na residência da senhora, e o combustível usado no incêndio teria acabado por incendiar um dos galões que os três brasileiros carregavam e o fogo se espalhou.

Dentro da residência foram queimados os brasileiros Victor Benedito Lopes Pagano, Ruben Osvaldo Hurtado Masab, Zenaide Antunes Duarte que estão no box de emergência do Hospital Regional de Cáceres, entubados, e em estado grave.

De acordo com o Hospital Regional de Cáceres, o paciente Victor Benedito Lopes Pagano (17 anos) se encontra com 80% do corpo com queimaduras de 2º e 3º graus, e o quadro é gravíssimo.

Ruben Osvaldo Hurtado Masab (31 anos) tem queimaduras na face, no tronco e nos membros superiores.

Zenaide Antunes Duarte (57 anos) tem queimaduras em partes dos membros superiores.

Já Thiago Garcia Galha (26 anos) que chegou com 90% do corpo com queimaduras de 2º e 3º graus, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito, sendo encaminhado ao Instituto Médico Legal – IML de Cáceres. De acordo com as informações do Hospital Regional de Cáceres, Thiago Garcia é morador de Mirassol D'Oeste.

San Matías está a 1.300 km a leste de La Paz, e fica na fronteira com o Brasil, próximo a Cáceres (MT).

Em vídeo gravado o prefeito de San Matias, Fábio Lopes Olivares esclarece os fatos ocorridos, de acordo com o prefeito a Policia Nacional Boliviana está em busca das informações e as investigações tem continuados no decorrer dos dias, e que foi acionado a ajuda do Grupo Especial de Fronteira –Gefron e da Policia Federal de Cáceres, na continuidade das investigações haja visto que os envolvidos estão no Hospital Regional de Cáceres.

“Queremos declarar que ninguém foi queimado por cidadãos bolivianos, e sim eles próprios se envolveram no incêndio provocado, e todos os socorros foram feitos para que os envolvidos pudessem serem salvos, os primeiros socorros foram feitos ainda no atendimento médico em San Matias e depois as ambulâncias levaram todos os envolvidos até a cidade de Cáceres, onde recebem os socorros, porém dos envolvidos não resistiu”, afirmou.