PUBLICIDADE

X

CIDADE

Sexta-feira, 05 de Outubro de 2018, 18h:09

Olho 1882 acessos A | A

240 ANOS DE CÁCERES

Cáceres tem a 5ª população do estado, mas possui renda per capita abaixo da média de Mato Grosso

Por: Lygia Lima – Especial para o Cáceres Notícias.

Ronivon Barros

Clique para ampliar

A cidade possui a 5ª população de Mato Grosso segundo o levantamento.

Dados disponíveis no portal da Prefeitura de Cáceres, no diagnóstico preliminar para o estudo da reconstrução do Plano Diretor Municipal (http://www.caceres.mt.gov.br/) é possível encontrar números e dados bastante interessantes do município que está completando 240 anos de existência neste final de semana.

A cidade possui a 5ª população de Mato Grosso segundo o levantamento feito para o estudo em questão, mas o Produto Interno Bruto (PIB) per capita que é a soma de todas as riquezas produzidas divididas pela quantidade de moradores, fica abaixo da média estadual. Neste quesito, Cáceres está em 98º lugar no Estado que possui 141 municípios.  Somente 4% das residências de Cáceres apresenta renda per capita acima de cinco salários mínimos. E a renda dessa faixa de domicílios é proveniente, da agropecuária e do serviço público.

Os dados mostram que em somente 978 residências do município cada morador possui renda renda superior a cinco salários mínimos, enquanto que em 6.824 residências, cada morador tem renda de até meio salário mínimo. Além disso, em outras 7.896 residências a renda de cada morador fica entre meio salário mínimo e no máximo um salário mínimo. Se somados as casas em que cada morador recebe até um salário mínimo chega-se a 14.720 moradias. Todas as outras residências em que a renda per capita dos moradores é superior a um salário mínimo somadas chegam a 8.966.

Ronivon Barros

f31f521a-5aa2-4cb3-98ee-a7d5ce85fc63.jpg

A maior parte das vagas de emprego em Cáceres está no setor de serviços, seguido pelo setor do comércio, os setores agropecuário e industrial são os que menos utilizam mão de obra no município. Os dados do IBGE, relatados no diagnóstico preliminar mostram que em 2015 menos de 15 mil pessoas estavam ocupadas na cidade, o que impacta diretamente na renda per capita da população.

Outro número não muito satisfatório para a cidade conhecida como Princesinha do Pantanal é que somente 4,6% da população urbana tem o esgoto coletado e tratado. E mais de 40% das casas não tem esgotamento sanitário adequado. Os bairros atendidos com a coleta de esgoto são: Cohab Nova, Residencial Aeroporto e Residencial Guanabara. Os demais domicílios com esgotamento sanitário adequado se valem de fossas. Mesmo assim em relação aos demais municípios de Mato Grosso, Cáceres é o terceiro em relação ao esgotamento sanitário adequado.  Já quanto ao sistema de abastecimento de água tratada cerca de 95% da população é atendida com água tratada.