PUBLICIDADE

X

CIDADE

Sexta-feira, 13 de Dezembro de 2019, 14h:50

Olho 4568 acessos A | A

COMIDA POPULAR

Churrasco Grego do Guerreiro atrai pelo sabor, mantém clientela fiel em atendimento de qualidade

Por: Antonio Costa - Cáceres Notícias

Joner Campos

Clique para ampliar

No comando do empreendimento está a família do cacerense Joaquim Gomes de Arruda, 56, a esposa Marita, o filho Gustavo, além de duas funcionárias.

O churrasco Grego do Guerreiro, na Rua Padre Casemiro, no Estacionamento do Davi Eletro Máquinas, é um desses casos que deu certo na comida de rua de Cáceres.

São cinco anos de atividade com uma clientela na maioria familiar e muito fiel, atraída pelo sabor do cardápio especialmente a sua qualidade e a higiene.

No comando do empreendimento está a família do cacerense Joaquim Gomes de Arruda, 56, a esposa Marita, o filho Gustavo, além de duas funcionárias.

O quinteto trabalha de segunda à sexta-feira das quatro e trinta da tarde até às dez da noite. Os demais dias da semana, a família tira para descansar, fazer as compras e se preparar para os próximos cinco dias de trabalho.

Joaquim conta que ficou desempregado alguns meses, foi nesse período que teve a ideia de montar o churrasco grego que ele havia pesquisado numa de suas idas até a Capital, Cuiabá. Viu no centro um senhor que quase quarenta anos trabalha com esse tipo de comida.

Não teve dúvida. “Vou montar em Cáceres”, e assim foi feito. Adquiriu o carrinho, fez algumas adaptações e foi à luta. O negócio deu certo, pois foi uma somatória da necessidade do momento e com o gosto dele em mexer com a culinária.

A clientela saboreia uma comida artesanalmente preparada com esmero e carinho. O pão macio é diferenciado e fabricado especialmente numa parceria com a Padaria Kipão; a carne grelhada e laminada com máquinas tipo maquita, é adquirida da JBS de Araputanga, que consegue entregar um produto que garante a manutenção da qualidade final do produto. O corte é da parte que ele chama de Bife do Vazio, alguns conhecem como Pacuzinho da Fraldinha.

Ainda tem os ingredientes compostos por tomate picadinho como se fosse vinagrete, mas porções de alface picadinha. Acompanhamentos de variados tipos de molho, cinco no total: creme de pequi com pimenta; molho de churrasco com pimenta e sem pimenta; creme de alho e sem alho.

Joner Campos

IMG_5389.JPG

Essa somatória de sabor finaliza com um petisco saboroso e muito apreciado pela fiel clientela. O preço também é convidativo. Somente R$ 10,00 a unidade. Assim mesmo o valor teve acréscimo nos últimos dias em razão do aumento considerável da carne brasileira atraída pelo convidativo mercado asiático, em Cáceres e região não foi diferente. Antes da elevação do preço da carne, o churrasco grego custava tão somente R$ 9,00.

A família está feliz no trabalho; contente com a fidelidade e carinho da clientela; sendo que a cada dia serve aproximadamente cento e vinte churrasco.

O chefe ainda sobra um tempinho para torcer pelo time de coração. Torcedor do Fluminense- conta que virou tricolor das laranjeiras por causa do seu João Deluqui que nas vitórias da equipe costumava hastear a bandeira do clube na sacada do prédio do antigo Cine Copacabana, na Praça Barão do Rio Branco, onde hoje funciona o Casarão do Sílvio.

Joaquim agora também está mais aliviado: o Vasco deu uma força e afundou de vez o Cruzeiro. O Flu está salvo da degola pelo menos neste Brasileirão.

Joner Campos

IMG_5408.JPG