PUBLICIDADE

X

CIDADE

Sexta-feira, 28 de Setembro de 2018, 13h:49

Olho 791 acessos A | A

CÁCERES

Grupo Juba foi parceiro em projeto ambiental “Cáceres Mais Verde”

Por: Esdras Crepaldi

O Grupo Juba,  aderiu a campanha “Cáceres Mais Verde”, promovida  pela Centro América FM, e junto com a emissora realiza esta promoção . O evento de cunho ambiental, ainda tem o apoio do Instituto Federal de Mato Grosso, Campus de Cáceres – Professor Olegário Baldo, a WN Ambiental e o Centro Oftalmológico de Cáceres - COC.

Os organizadores vão distribuiram duas mil mudas de árvores frutíferas e nativas, nesta sexta-feira, 28,  nas lojas do Juba Supermercados da Rua Marechal Deodoro e Padre Cassemiro e também no Atacado Pantanal, na Avenida São Luiz.

Segundo O Diretor Administrativo do Grupo Juba, Mirko Ribeiro, espécies como Goiaba, Caju, Acerola Pitanga, Pitomba, Cajá, Ipê Roxo e Amarelo, Mogno, Pinho Cuiabano, Ingá, Jenipapo, Teca, Nim e Oitis  foram distribuídas nas três lojas de Cáceres.

Mirko ainda informa que o Juba é uma empresa de responsabilidade social e ambiental e que anualmente, na semana do meio ambiente, desenvolve o Projeto Plante Um Árvore e Colha Vida, e, também distribui mudas de árvores em todas as lojas  de Cáceres, Mirassol D’Oeste, Rio Branco, Araputanga e Pontes e Lacerda. “Ao sermos procurados pela Centro América para uma parceria ambiental similar a que desenvolvemos, de imediato aderimos o convite e nos tornamos um dos realizadores da promoção comemorativa ao Dia da Árvore, celebrado no último dia 21. “Um fato que não se discute é que a arborização urbana, quer nos quintais, ruas ou praças contribui para a melhoria da cidade e traz diversos benefícios para o ambiente e as pessoas”, observa Mirko.

Já Marcelo Ribeiro, Diretor Financeiro do Juba, enalteceu a iniciativa da Centro América FM e ressaltou que ao assumirem um evento tão importante que estimula o cidadão a plantar uma árvore, estão contribuindo para a melhoria da qualidade de vida das pessoas e do planeta. ¨ De parabéns a Centro América FM pela iniciativa e todos os parceiros, Juba, IFMT, COC e WN Ambiental por aderirem o projeto. O meio ambiente agradeceu”, reconheceu Marcelo.