PUBLICIDADE

X

CIDADE

Domingo, 26 de Maio de 2019, 18h:47

Olho 7502 acessos A | A

CÁCERES

Universitários de Cáceres fazem vaquinha para ajudar amigo com câncer

Bruno Salomé, que tem 20 anos e cursa odontologia, luta contra um câncer de boca. A iniciativa dos amigos deve ajudar a custear a quimioterapia e a radioterapia pela qual o jovem precisa passar.

Por: Joner Campos I Cáceres Notícias

Reprodução

Clique para ampliar

Bruno passou por um procedimento cirúrgico na língua devido ao câncer e por isso tem uma certa dificuldade para falar.

Alunos do curso de odontologia da Faculdade do Pantanal estão se mobilizando em prol de uma causa nobre, o tratamento do câncer do colega Bruno Salomé. Os estudantes estão promovendo vaquinha e rifas.

Bruno tem 20 anos e cursa o 5º Semestre do curso na instituição, hoje em licença médica por conta do tratamento contra a doença, que afetou sua boca. Os primeiros indícios vieram em dezembro com uma lesão na língua. “Eu espirrei muito forte e acabou machucando a língua, fez uma afta e essa afta não sarava. Fui pra Cuiabá, no Hospital do Câncer, e a princípio não houve diagnóstico, fomos descobrir depois com outros exames” conta Bruno.

Como o tratamento é caro os amigos e colegas de Bruno resolveram se mobilizar para ajudar o jovem. “Nós juntamos os alunos, o pessoal da faculdade, donos de lanchonetes e pais de alunos e conseguimos umas prendas pra fazer uma rifa. Depois uma colega falou sobre a possibilidade de uma vaquinha online e estamos fazendo também”, diz o amigo de Bruno, Sérgio Soares.

60962640_2174167069346142_8938474387821035520_n.jpg

Bruno passou por um procedimento cirúrgico na língua devido ao câncer e por isso tem uma certa dificuldade para falar. Ele foi a Cuiabá na semana passada, onde começou o tratamento com quimioterapia e radioterapia. O estudante se surpreendeu com a atitude dos colegas em ajudar. “Eu não esperava e fico muito feliz. Nós sempre fomos uma turma muito unida e eles tomaram toda a iniciativa pra me ajudar a custear o tratamento, porque realmente é muito caro e com essa vaquinha vai ser possível pagar a quimioterapia, metade da laserterapia, fora a radioterapia.”, afirma Bruno Salomé.

Pra ajudar você pode entrar em contato com os alunos da Fapan para comprar a rifa ou contribuir com a vaquinha online clicando aqui. “Ele é um rapaz muito humilde, companheiro com um coração enorme, então pedimos pra cada um que puder doar, que contribua”, lembra Sérgio Soares.