PUBLICIDADE

X

CULTURA

Sexta-feira, 27 de Setembro de 2019, 14h:56

Olho 931 acessos A | A

CINEMA

Cineasta cacerense tem documentário classificado para 4ª Mostra de Cinema Negro de Mato Grosso

Por: Esdras Crepaldi

Reprodução

Clique para ampliar

O cineasta noticia que a mostra acontecerá em Cuiabá, entre os dias 16 e 18 de outubro de 2019 no auditório do Centro Cultural da Universidade Federal de Mato Grosso. 

O Cineasta Cacerense Leandro Peska, teve o seu documentário “Sob Múltiplos Olhares”, classificado para a 4ª Mostra de Cinema Negro de Mato Grosso. Peska é graduado em Cinema pela Universidade Estácio de Sá do Rio de Janeiro e especialista em Direção Cinematográfica pela Academia de Cinema de Nova Iorque (New York Film Academy).
Para Leandro Peska, ter um documentário escolhido entre 130 filmes inscritos na edição de 2019 é uma alegria tremenda e um reconhecimento do trabalho produzido. O documentário foi filmado em 2018 nas cidades de Cáceres, Vila Bela da Santíssima Trindade e Pontes e Lacerda.

O cineasta noticia que a mostra acontecerá em Cuiabá, entre os dias 16 e 18 de outubro de 2019 no auditório do Centro Cultural da Universidade Federal de Mato Grosso. 

A 4ª Mostra de Cinema Negro de Mato Grosso é organizada pelo Colégio Audiovisual Negro Quariterê de Cuiabá. “Estou muito feliz, pois este foi o primeiro festival em que inscrevi o filme e já fomos selecionados, e tudo isto em Mato Grosso, meu estado e onde o documentário foi filmado, isso é bastante significativo”, comemorou Leandro.

Reprodução

peska.jpg

Ele ainda observa que foi uma batalha de mais de um ano para a realização deste filme, desde as filmagens até o processo de finalização do material. “Estar entre os selecionados de um dos mais importantes festivais da região Centro Oeste confirma o valor que o documentário tem.

O documentário, é fruto de uma parceira com o Núcleo de Estudos Sobre Gênero, Raça e Alteridade (NEGRA) da Unemat. A produção cinematográfica, faz um panorama das diferentes visões e experiências que estudantes, professores e gestores educacionais da rede pública de educação básica de Cáceres, Pontes e Lacerda e Vila Bela da Santíssima Trindade, tiveram com o processo de implementação da Lei de Diretrizes e Bases, que tornou obrigatório o ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira na rede de ensino nacional.

Dentre os 11 documentários selecionados para a categoria, apenas dois são de Mato Grosso e o filme de Leandro Peska é um deles.