PUBLICIDADE

X

ESPORTE

Terça-feira, 08 de Janeiro de 2019, 11h:02

Olho 900 acessos A | A

FORMAÇÃO DE ATLETAS

Centro de Esporte já mostra imponência da estrutura

Por: Assessoria

Ronivon Barros

Clique para ampliar

A área total do CIE de Cáceres será de 3.700 metros quadrados com ginásio poliesportivo, mais um complexo de atletismo.

Chama de longe a atenção de quem avista a estrutura erguida na construção do CIE de Cáceres, Centro de Iniciação ao Esporte, uma conquista do atual Governo municipal em incentivo à educação esportiva de jovens e crianças do município. A obra está sendo construída na Vila Mariana, no triângulo entre Rua dos Campos, Rua Tuiuiú e Rua José de Souza Ribeiro, ao lado da Cozinha Comunitária.

O projeto do Governo Federal foi criado por ocasião das Olímpiadas passadas, contemplando 263 cidades, das quais Cáceres teve a felicidade de ganhar uma unidade, graças a um trabalho de gestão junto ao Ministério da Educação e Cultura pela atual Administração municipal.

O CIE é um dos maiores legados dos Jogos Olímpicos e dos Jogos Paraolímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, com ginásios poliesportivos e outras estruturas que podem receber até 13 modalidades olímpicas, seis paraolímpicas e uma não-olímpica. É parte do objetivo de disseminar a prática do esporte em todo o país, oferecendo espaço para o desenvolvimento da base do esporte de alto rendimento. Os Centros de Iniciação ao Esporte são construídos para atender toda a população e permitem a prática do esporte como lazer e esporte de alto rendimento.

A exemplo dos demais CIEs, a unidade de Cáceres já conta com as estruturas principais erguidas e cobertas. Ela será padronizada e em acordo com as atuais necessidades esportivas, com dimensões oficiais que comportam 13 modalidades olímpicas (atletismo, basquete, boxe, handebol, judô, lutas, tênis de mesa, taekwondo, vôlei, esgrima, ginástica rítmica, badminton e levantamento de peso), seis paraolímpicas (esgrima de cadeira de rodas, judô, halterofilismo, tênis de mesa, vôlei sentado e goalball) e uma não-olímpica (futsal).

Além de equipamentos multiuso voltados para identificação de talentos e formação de atletas, o Centro servirá de incentivo à prática esportiva em territórios de alta vulnerabilidade social e estímulo ao desenvolvimento da base do esporte de alto rendimento nacional.

A área total do CIE de Cáceres será de 3.700 metros quadrados com ginásio poliesportivo, mais um complexo de atletismo.

Quando do lançamento da obra, em 2017, o prefeito Francis Maris Cruz disse que ação foi possível graças à gestão realizada pela Secretaria Municipal de Esporte, Cultura e Lazer, que se inscreveu ao projeto. “Agora poderemos ter mais uma opção de esporte e lazer para o nosso município, gerando mais qualidade de vida para a população e, quem sabe, formando futuros atletas nos representando em grandes competições”, afirmou na época.

Hoje, com a construção bem adiantada e em visita à obra, Francis afirmou que falta pouco para entregar um dos grandes legados de sua gestão para o esporte cacerense e para a formação de futuros atletas e esportistas. “Estamos investindo nas nossas crianças, principalmente. Não se trata de um simples ginásio, mas de um complexo educacional que será de muita importância para formarmos os cidadãos do futuro”, complementa o prefeito.

O valor inicial da obra foi orçado em R$3.732.852,00. O dinheiro foi autorizado pela Caixa Econômica e é liberado conforme a realização das etapas da obra. “Agora, o CIE de Cáceres só depende da construtora. Estamos cobrando a entrega do projeto pronto e queremos inaugurar o mais breve possível”, finaliza Francis.

A administração do complexo será através da Secretaria Municipal de Esporte, hoje fundida à Secretaria de Assistência Social. Toda a estrutura da Secretaria que cuida de esportes poderá ser sediada no prédio do CIE.