PUBLICIDADE

X

ESPORTE

Segunda-feira, 16 de Novembro de 2020, 09h:41

Olho 442 acessos A | A

SÉRIE B

Cuiabá contrata novo técnico para a sequência da temporada

Por: Redação

Reprodução

Clique para ampliar

Paranaense e ex-zagueiro, o técnico Allan Aal começou sua carreira de treinador no sub-20 do Coritiba.

A diretoria do Cuiabá acertou com o novo técnico para a sequência da temporada. O comandante do Dourado será Allan Aal, 41 anos, que estava à frente do Paraná em 2020. Junto com ele chegam Anderson Canela, como auxiliar-técnico, e Paulo Pelanda Júnior, para a análise de desempenho.

O novo técnico do Cuiabá, Allan Aal, comandou na manhã desta segunda-feira (16) seu primeiro treinamento à frente do Dourado. O Cuiabá volta a jogar na quarta-feira, contra o Grêmio-RS, em Porto Alegre, pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil. O jogo marcará a sua estreia pelo Auriverde.

A viagem do Cuiabá para o Sul está marcada para a tarde desta segunda. Allan comandará mais um treino antes da partida contra o Grêmio-RS, já que o Cuiabá vai realizar uma atividade no CT do Internacional, na tarde de amanhã.

"Fui muito bem recebido. Muito feliz e orgulhoso de estar aqui. Podem ter certeza que vamos buscar os objetivos comuns com muita vontade e humildade, para deixar nosso torcedor feliz e levar nossa equipe para a Série A do Brasileiro do ano que vem", declarou Allan Aal à TV Cuiabá.

O técnico substitui Marcelo Chamusca – que trocou o Dourado pelo Fortaleza na última quarta-feira.

Allan Aal foi dispensado do Paraná há duas semanas e se enquadra no perfil que o Cuiabá procurava, jovem e com alguma boa experiência na Série B. O primeiro alvo do Dourado foi Felipe Conceição, atualmente no Guarani-SP, porém o mesmo recusou três modelos de propostas.

Paranaense e ex-zagueiro, o técnico Allan Aal começou sua carreira de treinador no sub-20 do Coritiba. No profissional, dirigiu equipes como Rio Branco-PR, Foz do Iguaçu, Portuguesa-SP, Nacional-SP e Cascavel-PR.

Em janeiro de 2020, Allan foi promovido de auxiliar para técnico da equipe principal do Paraná, após a saída de Matheus Costa. Ele chegou a levar a equipe à liderança da Série B por algumas rodadas, porém foi dispensado no dia 1º de novembro, na sexta colocação.