PUBLICIDADE

X

POLÍCIA

Segunda-feira, 23 de Março de 2020, 11h:04

Olho 396 acessos A | A

RESTRIÇÕES

Delegado informa que CISC de Cáceres está funcionando em regime especial devido ao coronavírus

Por: Joner Campos I Cáceres Notícias

Reprodução

Clique para ampliar

Ao averiguar os peixes da espécie pacu, que por lei só podem ser capturados com mais de 45cm, estes vendidos sequer se aproximavam desta medida.

O delegado da Polícia Civil de Cáceres, Wilson Souza afirmou que o Centro Integrado de Segurança e Cidadania –CISC vem funcionando em regime especial deste sexta-feira (20) em razão do novo coronavírus.

O delegado afirma que o regime especial prevê que as ocorrências deverão ser registradas pela internet e a delegacia responsável pela região vai apenas validar os BOs. O atendimento direto será mantido apenas nos seguintes casos:

  • violência doméstica ou contra crianças e adolescente;
  • morte e desaparecimento de pessoa;
  • estupro, sequestro e cárcere privado;
  • roubo e/ou extorsão;
  • situação de flagrante.

A Polícia Civil de Mato Grosso comunica que a partir deste sábado (21.03), o formato para o registro de boletim de ocorrência de qualquer natureza será feito apenas por meio eletrônico, pelo site da Delegacia Virtual (www.delegaciavirtual.mt.gov.br), ficando restrita a ida à delegacia para impressão do boletim de ocorrência.

O boletim virtual será validado através dos telefones acima mencionados e o comunicante receberá a ocorrência registrada pelo e-mail. Toda informação sobre o registro pela Delegacia Virtual será prestada pelos telefones disponibilizados.

‘’Sentimos muito por essas medidas, mais são medidas em um período de restrição e de isolamento, é uma questão de saúde pública em todo o mundo. O cidadão que procurar o CISC encontrará as nossas portas fechadas, sendo que o primeiro atendimento será feito pelo interfone, onde será filtrado os casos enquadrados nos prioritários. Se o caso for dentro dos casos a serem feitos boletim os policiais plantonistas manterão distanciamento de dois metros dos comunicantes e que isso é um padrão da Organização Mundial de Saúde para evitar contagio do Covid-19”, alertou

Essa medida ficará em vigor até o final do período de quarentena, visando a necessidade de prevenção, redução de pessoas em circulação para a não proliferação do coronavírus.

As atividades investigativas seguem normalmente, sem prejuízo.

Durante a quarentena, as pessoas devem evitar sair de casa, porém em situação de emergência devem acionar o sistema de segurança pública pelos números 190, 197, ou 3903-1210.