PUBLICIDADE

X

POLÍCIA

Sábado, 13 de Abril de 2019, 16h:23

Olho 13481 acessos A | A

FEMINICÍDIO

Ex-marido mata adolescente e aciona mãe para buscar corpo em Mirassol D’Oeste

Por: Tarley Carvalho - FolhaMax

Reprodução

Clique para ampliar

Kendra Raiane de Carvalho, de 17 anos, é mais uma mulher vítima de feminicídio em Mato Grosso neste ano.

Kendra Raiane de Carvalho, de 17 anos, é mais uma mulher vítima de feminicídio em Mato Grosso neste ano. Ela foi assassinada com três tiros na madrugada deste sábado (13), em Mirassol D’Oeste (295Km de Cuiabá), quando chegava em casa acompanhada por um amigo, Halif Thiago dos Santos, de 25 anos, que também foi baleado e se encontra em estado grave.

O suspeito do crime é o ex-marido de Kendra, Ronaldo de Souza Oliveira, de 24 anos, que, segundo relatos da mãe da adolescente, já vinha fazendo ameaças de morte contra sua filha. De acordo com o Boletim de Ocorrências (B.O.), Ronaldo mandou mensagens à sogra dizendo que queria matar sua filha e, após fazê-lo, voltou a entrar em contato para avisar do crime, dizendo que ela já poderia ir buscar a adolescente porque já estava morta.

As informações dão conta de que Ronaldo teria visto a ex numa casa noturna da cidade durante a madrugada. Ele então teria procurado um dos seguranças e informado a presença de uma menor de idade no estabelecimento e pedido para que ela fosse retirada do local.

O plano deu certo e Kendra foi retirada do local. A adolescente então foi para casa em companhia de Halif para casa.

Segundo o relato de uma das testemunhas, Ronaldo chegou à residência de Kendra no exato momento em que o amigo se despedia da vítima e efetuou quatro disparos contra ela. Destes, três acertaram a adolescente e um acertou seu amigo, na região do tórax.

A ocorrência foi atendida pelos policiais do 17º Batalhão da Polícia Militar (BPM), que, ao chegarem ao local, já encontraram Kendra sem vida. Halif foi atendido por uma equipe médica e levado ao Hospital Samuel Greve, que prestou os primeiros socorros e, posteriormente, o transferiu para a cidade de Cáceres.

A Polícia Militar (PM) realizou rondas pelas redondezas em busca do suspeito do crime, mas não obteve êxito. Ronaldo já possui passagens na polícia por lesão corporal e uso de drogas. Kendra deixa um filho ainda pequeno.