PUBLICIDADE

X

POLÍCIA

Terça-feira, 11 de Agosto de 2020, 14h:14

Olho 4640 acessos A | A

FRONTEIRA DO TRÁFICO

Motorista é preso com 430 kg de pasta base de cocaína escondidos em compartimentos de carroceria de carreta em Barra do Bugres

Por: Joner Campos I Cáceres Notícias

Reprodução I GEFRON

Clique para ampliar

A droga só foi encontrada com o auxilio dos cães do Canil Integrado de Fronteira (Canilfron) que localizaram o local exato de onde estava o entorpecente.

Uma pessoa foi presa e mais de 430 kg de Substância análoga à pasta base de cocaína foram apreendidos pelo Grupo Especial de Fronteira (Gefron) em operação conjunta que contou com apoio da Polícia Federal (PF), Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) e o Canil Integrado de Fronteira (Canilfron), na noite de ontem segunda-feira (10) em Barra do Bugres (MT) distante a 152 km de Cáceres (MT).

De acordo com o Gefron, o entorpecente estavam escondido em compartimentos secretos conhecidos como “mocó” nas partes frontais de ambos semirreboques da carreta Volvo FH 540 6x4T.

A droga só foi encontrada com o auxilio dos cães do Canil Integrado de Fronteira (Canilfron) que localizaram o local exato de onde estava o entorpecente.

De acordo com o Gefron o entorpecente estava avaliado em mais de 8 milhões de reais, e com o veiculo e o rebote o prejuízo ao tráfico foi de 8,7 milhões de reais nessa operação em conjunto com outras forças de segurança.

O suspeito recebeu a voz de prisão, que foi encaminhado juntamente com o material apreendido, até a Polícia Federal de Cáceres.

Segundo o coordenador do Grupo Especial de Fronteira (Gefron), Tenente Coronel Fábio Ricas fala dos resultados obtido um aumento no expressivo de produtividade em relação a 2019, representando diversos avanços, principalmente em relação ao número de veículos recuperados que estavam em deslocamento para a Bolívia, registrando um aumento de 50%, e com relação a apreensão de  droga, somando quase  7 toneladas e meia de maconha e principalmente cocaína e seus derivados, representando um aumento de mais de 90% em relação a 2019.

Ainda de acordo com o Ten. Cel. Fábio Ricas todo esse avanço, foram obtido vários fatores positivos este ano no Gefron, devido ao apoio da Secretaria de Segurança Pública às ações do GEFRON, levando em consideração que o combate aos crimes transnacionais, como o tráfico de drogas, refletem positivamente na segurança pública de todo Estado. Outro fator relevante foi a inserção de Mato Grosso na Operação Hórus do Ministério da Justiça e Segurança Pública que vem ocorrendo em quase todos os estados de fronteira, o que possibilita disponibilização de recursos financeiros, aumento de efetivo, compartilhamento de informações de inteligência e capacitações.

“Não posso esquecer-me da integração de todas as forças policiais que atuam na fronteira e em até mesmo em outras regiões, tanto em ações de inteligência como operacional, como a delegacia especial de fronteira, unidades da Policia Militar, Policia Civil, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal, com empenho e dedicação de todos os operadores, possibilitando diversas ações exitosas contra as organizações criminosas. Estamos imbuídos em avançar cada vez mais contra a criminalidade da região de fronteira e alinhados com a política de segurança pública do governo do estado, com objetivo de melhor servir e proteger a sociedade”, finalizou.


Leia mais sobre este assunto