PUBLICIDADE

X

POLÍCIA

Quinta-feira, 16 de Maio de 2019, 15h:04

Olho 1299 acessos A | A

APÓS SER ASSEDIADA

Mulher é detida suspeita de matar tratorista e diz ter sido assediada pela vítima em Pontes e Lacerda

Por: G1-MT

Reprodução

Clique para ampliar

No depoimento, ela contou que, após ser assediada, ela atirou um pote com álcool na vítima.

Uma mulher de 49 anos foi detida suspeita de matar um tratorista de 55 anos em Pontes e Lacerda, a 483 km de Cuiabá, no domingo (12). Ao ser ouvida na quarta-feira (15), a suspeita – que não teve o nome divulgado –, alegou que foi assediada sexualmente pela vítima.

Por estar fora do flagrante, ela foi solta depois de prestar depoimento.

A vítima, identificada como Adilson do Rosário Vieira, foi encontrada com ferimentos de faca e queimaduras pelo corpo.

À polícia, a detida contou que estava com a vítima na casa dela. Na ocasião, eles ingeriam bebida alcoólica e a mulher usava um fogareiro para cozinhar.

No depoimento, ela contou que, após ser assediada, ela atirou um pote com álcool na vítima. O produto pegou fogo e causou queimaduras em Adilson.

Além da mulher, um idoso de 61 anos foi detido por suposta participação no crime. Ele teria entrada em luta corporal com a vítima para defender a mulher.

Os dois devem responder por homicídio qualificado, segundo a Polícia Civil.