PUBLICIDADE

X

POLÍCIA

Quarta-feira, 01 de Maio de 2019, 11h:57

Olho 3554 acessos A | A

POSSE DE ARMA DE FOGO

Mulher é presa escondendo na cintura revólver do marido durante festa em Cáceres

Além da suspeita de 38 anos, a sua filha menor de iniciais F. N. O (17 anos) que investiu contra os policiais e foi algemada e apreendida pela tentativa de obstrução do trabalho policial.

Por: Joner Campos I Cáceres Notícias

Uma mulher de 38 anos e filha de 17 anos foram conduzidas ao Centro Integrado de Segurança e Cidadania – CISC, após serem flagradas com uma arma de fogo no estacionamento de uma casa de festas no bairro DNER em Cáceres, na madrugada desta quarta-feira (1).

De acordo com o Policiais Militares, por volta das 1h foram acionados dando conta que uma mulher estaria de posse de uma arma de fogo durante uma festa no estabelecimento, e estava usando camiseta preta, short preto e boné preto e vermelho.

Ainda de acordo com o denunciante as duas mulheres estariam guardando uma arma para marido, conhecido pela alcunha de “Gordo”, e que o revolver estaria na cintura da mulher de iniciais R. A. O. N (38 anos).

As suspeitas ao avistar os policiais apresentaram nervosismo e tentaram se dispersar no meio da multidão, mas em determinado momento umas das mulheres teriam tentado sacar das vestes algo, aparentando ser a arma de fogo, em ato de contenção os policiais conseguiram imobilizar a suspeita e prende-la.

Divulgação I 6º BPM

photo5066937382435137565.jpg

Na revista foi encontrada a arma de fogo, um revólver Taurus, calibre 38, estava na cintura da suspeita R. A. O. N (38 anos).

Bastante revoltada a filha da suspeita a menor de iniciais F. N. O (17 anos) investiu contra os policiais e foi algemada e apreendida pela tentativa de obstrução do trabalho policial.

Segundo as informações dos policiais, o dono da arma não foi encotrado no local. 

Durante o interrogatório no Centro Integrado de Segurança e Cidadania – CISC, afirmou que estaria com a arma, e que estaria indo embora do local quando teria sido abordada pelos policiais.