PUBLICIDADE

X

POLÍCIA

Sábado, 21 de Setembro de 2019, 14h:46

Olho 1834 acessos A | A

PRISÃO PREVENTIVA

Suspeito de abusar sexualmente de enteada por 4 anos tem prisão cumprida em Cáceres

Por: Assessoria | PJC-MT

Reprodução

Clique para ampliar

O delegado informou que a vítima disse que não recebia ameaças claras.

Um homem acusado de abusar sexualmente de sua enteada durante 4 anos, a vitima hoje tem 14 anos e teve o mandado de prisão cumprido pela Polícia Judiciária Civil, na manhã de sexta-feira (20.09), em ação realizada pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, da Criança e do Idoso (DEDMCI) e Delegacia Regional de Cáceres (228 km a Oeste).

O suspeito, A.N.L., 30, foi preso em uma propriedade rural, na comunidade Vila Sadia, em Cáceres por força de mandado de prisão por estupro de vulnerável.

O crime foi levado denunciado na Delegacia depois que, durante uma conversa na escola, a vítima tomou coragem para falar dos abusos praticados pelo padrasto.  Ela revelou situações de estupros sofrido durante anos. Segundo a vítima, o suspeito oferecia presentes com intuito de aliviar os danos causados pelo abuso sexual.

Após o registro da ocorrência, foi representado pelo mandado de prisão preventiva contra o suspeito, que foi deferido pela Justiça e cumprido na sexta-feira (20). Com a ordem judicial em mãos a equipe da DEDMCI, com apoio da Delegacia Regional, foi até o sítio, onde o suspeito estava escondido.

Além do cumprimento do mandado de prisão contra o suspeito, os policiais apreenderam na propriedade uma espingarda calibre 22, que pertencia ao dono do sítio.

Diante da situação, os dois suspeitos foram conduzidos a Delegacia da Mulher de Cáceres, local em que foram tomadas as providências para cumprimento da ordem de prisão contra o estuprador e lavrado o flagrante contra o proprietário do sítio, por posse ilegal de arma de fogo.