PUBLICIDADE

X

POLITICA

Quinta-feira, 07 de Junho de 2018, 08h:51

Olho 208 acessos A | A

INTEGRAÇÃO REGIONAL

Bolívia autoriza voo entre Cuiabá e Santa Cruz

Por: Hugo Fernandes

Mayke Toscano

Clique para ampliar

As tratativas para que a Azul Linhas Aéreas operasse a rota iniciaram em 17 de junho de 2016.

A fronteira que divide Brasil e Bolívia está cada vez menor. Isso porque o Departamento Nacional de Aviação da Bolívia emitiu autorização, no dia primeiro deste mês, para que a Azul Linhas Aéreas possa explorar o trecho Cuiabá-Santa Cruz de La Sierra. Todavia, para que as atividades tenham início, a companhia ainda depende do parecer da ATT da Bolívia.
A notícia animou o setor do turismo de Mato Grosso.

De acordo com o empresário do setor hoteleiro, Luís Carlos Nigro, o pleito é antigo. Antes mesmo de assumir o cargo de adjunto na Secretaria de Estado de Turismo na atual gestão, o empresário conta que lutava pela internacionalização do aeroporto Marechal Rondon. “A criação desta ponte aérea entre Brasil e Bolívia não só nos aproxima dos nossos irmãos bolivianos, como também abre um leque de oportunidades para a geração de emprego, renda e negócios, fomentando as economias locais”.

Representante do setor, Nigro ressalta que este é um desejo muito antigo do governado Pedro Taques (PSDB), que tenta insistentemente colocar o voo internacional na capital mato-grossense. Ele também ressalta a participação dos deputados federais neste processo, Nilson Leitão (PSDB) e Victório Galli (PSL). “Mato Grosso possui um potencial turístico inigualável. Nenhum outro estado brasileiro possui três biomas como nós. Mas nosso Estado tem grandes dimensões e um espaço aéreo imenso a ser explorado. Por isso lutamos pela ampliação da aviação comercial”, pontuou.

Concessão aeroportos – o Governo de Mato Grosso realizou na última segunda-feira (05) uma audiência para tratar da adesão ao programa de concessões de 13 aeroportos pelo Governo Federal, comandado pelo Ministério dos Transportes e pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Somados, os investimentos em melhorias na infraestrutura dos cinco terminais do Estado – Cuiabá, Sinop, Alta Floresta, Barra do Garças e Rondonópolis – somam mais de R$ 800 milhões.

Voe MT - o programa Voe MT prevê a concessão de incentivos fiscais por meio da desoneração do Imposto Sobre Circulação de Serviços (ICMS) do querosene de aviação. Desta forma, fez com que as companhias aéreas pudessem ampliar suas rotas. Além do voo comercial direto para Cuiabá saindo de Barra do Garças, a Azul Linhas Aéreas inaugurou uma nova rota entre Barra-Cuiabá-Goiânia, além do novo trecho entre a Capital e a cidade de Sorriso. Já a companhia Asta inaugurou o voo de Tangará da Serra, Campo Novo dos Parecis e Primavera do Leste. A previsão é de que outras rotas sejam inauguradas ainda neste ano.