PUBLICIDADE

X

POLITICA

Quinta-feira, 11 de Janeiro de 2018, 23h:30

Olho 341 acessos A | A

EM ÁUDIO

"Ele começa a me ligar três dias antes de cair", diz Jajah Neves sobre entrega de verba indenizatória para Wilson Santos

Por: Lázaro Borges, da Redação

Reprodução

Clique para ampliar

o deputado estadual Jajah Neves (PSDB) - supostamente - teria admitido que entrega toda verba indenizatória recebida como parlamentar ao secretário de Cidades, Wilson Santos (PSDB).

Em uma gravação que circula em aplicativos de mensagem para celular o deputado estadual Jajah Neves (PSDB) - supostamente - teria admitido que entrega toda verba indenizatória recebida como parlamentar ao secretário de Cidades, Wilson Santos (PSDB), licenciado do cargo. Jajah, como primeiro suplente do partido tucano, assumiu justamente a vaga de Wilson na Assembleia Legislativa. 

Nessa gravação, ele cita ainda que seu irmão Ademar Jajah, vereador por Várzea Grande, teve a “vida resolvida” depois de ter sido eleito. No áudio, o deputado teria dito que também sustenta a TV Mato Grosso, de sua propriedade, com dinheiro público.

A polêmica sobre a verba indenizatória começou no dia 17 de maio do ano passado, quando a deputada Janaína Riva acusou Jajah de devolver R$ 65 mil da verba á Wilson. Na época, Jajah prometeu levar o caso ao Ministério Público Estadual (MPE).

“Suplente, sem conseguir meter uma nomeação. Cai a VI [Verba Indenizatória] eu tenho que devolver para o Wilson se não ele começa a me ligar três dias antes de cair. Ele já me liga cobrando a VI mesmo”, teria afirmado o deputado na gravação.

 

TV Mato Grosso


Na gravação, Jajah Neves, que além de deputado é apresentador do programa “Fiscal do Povo”, também menciona a emissora que lhe pertence, a TV Mato Grosso, onde o programa é veiculado. “Sabe uma emissora que não tem uma publicidade? Eu sustento aquilo ali pago com dinheiro público, é a mídia que tem. A mídia que cai é do governo, ela cai não é por causa de mídia é por causa de mim, não chega para ninguém, chega para mim. Governo e a Assembleia é o que sustenta hoje tudo. Tudo na vida é sustentado por esses dois órgãos”, diz trecho do áudio.

 

“Vida resolvida”


Ademar Jajah, que se elegeu no ano passado como vereador em Várzea Grande, também foi alvo dos comentários supostamente feitos por Jajah Neves. Ele teria dito que o irmão está com a “vida resolvida” depois de ter sido eleito com a ajuda dele. “Falei para ele ‘cara eu resolvi sua vida, eu peguei você aqui e te dei um mandato. Tem quatro anos para você administrar sua vida com segurança e ganhando um baita de um salário, sua vida está resolvida daqui para frente’".

 

Outro lado

 

A reportagem ainda não conseguiu entrar em contato com os parlamentares citados para confirmar se o conteúdo do áudio é verdadeiro ou não. O espaço está aberto para esclarecimentos. A assessoria do Wilson Santos respondeu afirmando que as acusações contidas no áudio são "inverdades" e que em maio, quando ocorreu a polêmica, o deputado apresentou uma certidão que supostamente poderia comprovar que ele jamais recebeu a verba indenizatória a que Jajah Neves tem direito.