PUBLICIDADE

X

POLITICA

Quinta-feira, 30 de Julho de 2020, 17h:42

Olho 386 acessos A | A

APOIO

Em live, Haddad apoia pré-candidatos do PT de MT, entre eles James Cabral de Cáceres

Por: Jacques Gosch - RDNews

Reprodução

Clique para ampliar

Professor Fernando Haddad participou da videoconferência nas redes promovida pelo PT com pré-candidatos a prefeito de três cidades de Mato Grosso

O professor Fernando Haddad participou da videoconferência promovida pelo PT, com os pré-candidatos a prefeito das três principais cidades do Estado. São eles, o advogado Julier Sebastião (Cuiabá), o médico Kleber Amorim (Rondonópolis) e o agrônomo James Cabral (Cáceres).

No  encontro promovido pelas redes sociais, Fernando Haddad defendeu a necessidade de “resgatar” o Brasil”. Além disso, fez duras críticas ao presidente da República Jair Bolsonaro.

“Eu tenho notado na nossa juventude uma disposição de resgatar o país. Então, nós temos que investir nisso. São 8 milhões de universitários e esse povo está preparado para reconstruir o Brasil. Os institutos federais, nossos professores, é essa força da educação que é muito mais poderosa do que o Governo Bolsonaro imagina. Eles acham que podem fazer o que quiser, que podem atacar a democracia, as mulheres, os negros. Mas, eu digo pra vocês, essa geração é diferente das anteriores por uma simples razão: pela primeira vez o filho do trabalhador chegou na universidade”, disse Fernando Haddad na noite dessa quarta (29).

Na live, Fernando Haddad afirmou que os petistas devem se preparar para gerir as prefeituras no pós-pandemia da Covid-19.   Além disso, lembrou que serão oposição ao Governo Bolsonaro nos primeiros dois anos de mandato.

“O Brasil está atravessando uma turbulência institucional muito grave, de consequências ainda imprevisíveis. Mas, a minha esperança, é de que as sementes que nós plantamos lá atrás já germinaram e é nessa juventude que eu boto fé”,  completou, projetando vitórias eleitorais em novembro.

Candidatos

Ex-juiz federal, Julier disputou a Prefeitura de Cuiabá em 2016 pelo PDT e ficou na quarta colocação. Na live, criticou tanto o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) quanto o governador Mauro Mendes (DEM), que na sua avaliação é um “Bolsonaro menos xucro”.

Kleber Amorim e James Cabral seguiram a mesma linha e criticaram os prefeitos Zé Carlos do Pátio (Solidariedade) e Francis Maris (PSDB). Intensivista, o médico está na linha de frente no combate ao Covid-19. Já o agrônomo é dirigente do PT e irmão do deputado estadual Lúdio Cabral.