PUBLICIDADE

X

POLITICA

Quinta-feira, 29 de Março de 2018, 23h:19

Olho 338 acessos A | A

AGRICULTURA FAMILIAR

MT entrega R$ 13 milhões em equipamentos para o pequeno produtor

Os itens entregues nesta quinta-feira (29) contemplam 91 dos 144 municípios mato-grossenses.

Por: Luciana Cury | Seaf-MT

Assessoria/Seaf-MT

Clique para ampliar

A solenidade, realizada na Central de Comercialização da Agricultura Familiar, em Várzea Grande, ficou marcada pela entrega de 740 itens.

O governador Pedro Taques, juntamente com o secretário de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários, Suelme Fernandes, realizou na manhã desta quinta-feira (29.03) a maior entrega já feita de equipamentos e maquinários para o pequeno produtor mato-grossense. A solenidade, realizada na Central de Comercialização da Agricultura Familiar, em Várzea Grande, ficou marcada pela entrega de 740 itens.

Suelme falou dos avanços conquistados nos três anos e três meses em que esteve no comando da Secretaria de Estado de secretário de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf). “Entregar mais de dois mil e trezentos equipamentos em 39 meses comprova que fizemos revolução na agricultura familiar mesmo em tempos de crise econômica, e essa grande entrega é a prova disso”, declarou.

Os itens entregues nesta quinta-feira (29) contemplam 91 dos 144 municípios mato-grossenses. Eles irão fomentar a logística e comercialização da produção de pequenos produtores, associações e cooperativas. Os investimentos para a compra desses equipamentos, oriundos de emendas da bancada federal e estadual, com contrapartida do Executivo, totalizam aproximadamente de R$ 13 milhões. Dentre os 740 itens estavam no pacote de entrega 17 caminhões, dois tanques rodoviários, 328 barracas de feira, uma van, um veículo utilitário, uma picape cabine dupla e 107 patrulhas mecanizadas.

De janeiro de 2015 a março desse ano, a Seaf entregou 524 resfriadores de leite, 243 tratores, 640 bancas de feiras, 84 equipamentos de informática, 65 veículos, entre carros e caminhonetes, 24 caminhões e 31 motocicletas. Investimentos, que somados, chegam a R$ 38,5 milhões, e com alcance de apoio em 137 dos 144 municípios do Estado.

Com tamanho volume de entregas nesse primeiro ano de gestão, o governador Pedro Taques garantiu que não irá acabar ou desmembrar a Seaf. “Nós vamos manter a secretaria de Agricultura Familiar. Enquanto eu for governador do Estado de Mato Grosso nós vamos continuar com a pasta”, afirmou Pedro Taques, que acrescentou ainda que sempre se preocupou em dar condições para que o pequeno produtor pudesse produzir além da sua subsistência.

Assessoria/Seaf-MT

29032018-DSCF7396.jpg

Na presença de centenas de produtores familiares, autoridades do Governo Federal e Estadual, presidentes de associações produtivas, prefeitos e vereadores

Na presença de centenas de produtores familiares, autoridades do Governo Federal e Estadual, presidentes de associações produtivas, prefeitos e vereadores, o secretário da Seaf aproveitou para entregar ao governador o ‘Plano Estadual de Economia Solidária de Mato Grosso’. Material que servirá para embasar políticas públicas que agreguem valor à produção do pequeno produtor do Estado. Na oportunidade, Suelme Fernandes pediu ao governador Pedro Taques a realização de um concurso público para o ingresso de servidores na Seaf.

Uma dos seis prefeitos a discursarem no evento de entrega dos maquinários, a prefeita de Cocalinho, Dalva Peres, declarou que a atual gestão valoriza os pequenos produtores, que por muito tempo foram esquecidos. “Mesmo em momento, de crise você governador conseguiu olhar para aqueles que mais precisam da ajuda do Estado. Hoje o pequeno produtor só quer plantar e ter condições de poder vender o que produz. Com essas entregas, com certeza, isso será melhorado”, comento a prefeita.

Além dessa entrega, nos próximos meses o Governo do Estado deve realizar outras para a agricultura familiar. Segundo o governador Pedro Taques, no segundo semestre desse ano R$ 14 milhões não-retornáveis, oriundos do banco de desenvolvimento alemão KfW serão destinados para ações de apoio à agricultura familiar.