PUBLICIDADE

X

POLITICA

Quarta-feira, 16 de Maio de 2018, 08h:31

Olho 2072 acessos A | A

USINA DE ETANOL

Pecuaristas se unem para instalação da primeira Usina de Etanol de milho de Cáceres

Por: Joner Campos

Cáceres Notícias

Clique para ampliar

A planta a ser instalada em Cáceres poderá produzir Etanol Hidratado Combustível (EHC), Ração animal (DDG), e ainda poderá produzir o Etanol Anidro Combustível (EAC) a ser misturado na gasolina.  

Durante reunião, nesta terça-feira (15) no Gabinete da Prefeitura em Cáceres empresários e pecuaristas deram os primeiros passos para a instalação da primeira Usina de Etanol de milho de Cáceres.  

Os diretores da empresa EMTEP com sede em Cabo de Santo Agostinho – (PE) e Navegantes (SC) apresentaram uma planta com capacidade para processar mais de 250 toneladas de milho e produzir 104 mil de litros de etanol por dia, além de produzir um volume de (DDG) de 60 toneladas ao dia.  

Na verdade a expectativa maior dos pecuaristas é para a demanda reprimida pelo DDG que é um coproduto é bastante utilizado em dietas de bovinos confinados nos EUA, porém há pouco mais de um ano vem sendo usado em Mato Grosso, principalmente para tratamento de bovinos confinados, pois é uma fonte proteica que auxilia no ganho de massa nos bovinos.  

A planta a ser instalada em Cáceres poderá produzir Etanol Hidratado Combustível (EHC), Ração animal (DDG), e ainda poderá produzir o Etanol Anidro Combustível (EAC) a ser misturado na gasolina.  

Estiveram presentes na reunião o Presidente do Sindicato Rural, Jeremias Pereira Leite, os pecuaristas e empresários Neto Gouveia, Claudio Oliveira, Marcelo Oliveira, Walace Antunes, Osmar Antunes, entre outros.  

A Usina poderá operar com mais de 100 empregos diretos e mais de 200 indiretos. A instalação de uma usina de etanol à base de milho, segundo o Prefeito de Cáceres, Francis Maris, irá contribuir para dois importantes segmentos da cadeia produtiva da Região Oeste de Mato Grosso. “A grande quantidade de pecuaristas que são compradores de DDG de outras regiões, produto que serve de ração para engorda de bovinos em confinamento, outro ganho é o incentivo para os produtores de milho dessa nossa região, a Usina de Etanol ajudará a  incentivar a produção de milho e ainda alavancar a cadeia do milho em nossa região”, destacou.