PUBLICIDADE

X

POLITICA

Quarta-feira, 05 de Dezembro de 2018, 14h:59

Olho 215 acessos A | A

BALANÇO

Prefeito Francis faz balanço positivo de 2018 durante entrevista na Rádio Difusora

Por: Assessoria

Clóvis de Almeida

Clique para ampliar

Programa do Faquini, Rádio Difusora

“Foram muitos os avanços e em passos largos na nossa administração durante este ano, muitas conquistas que muito no honra, graças ao empenho dos nossos secretários, inúmeras parcerias que mantemos e o apoio da população que entende as nossas dificuldades e colaboram com o Governo municipal, principalmente no pagamento de impostos”. Com essas palavras, o prefeito Francis Maris Cruz iniciou a entrevista que concedeu na manhã de hoje (05), ao jornalista Luizmar Faquini, nas rádios Difusora e Nova Difusora.

Acompanhado da vice-prefeita, Eliene Liberato e de secretários, por mais de meia hora Francis respondeu às perguntas do entrevistador e de ouvintes, sanando dúvidas e fazendo um balanço da Administração no ano que termina. Segundo ele, as conquistas superaram todas as dificuldades financeiras que impedem que mais obras e serviços sejam realizados.

Quanto às conquistas, Francis disse que o maior prêmio que Cáceres recebeu foi a aprovação de crédito financeiro por parte dos bancos. Lembrou que há muitos anos o município não conseguia financiar dinheiro para obras ou aquisição de máquinas e equipamentos. “Com muito trabalho, conseguimos a liberação pelo Banco do Brasil de um crédito de 24 milhões de reais para a Prefeitura de Cáceres. Isso mostra que estamos no caminho certo e que Cáceres está bem administrada e com credibilidade junto às instituições financeiras”, destacou o prefeito.

Dentre as inúmeras conquistas, Francis destacou a compra de 34 novos ônibus escolares, que irão promover uma economia de mais de 3 milhões de reais, por ano, no custo do transporte escolar.

Ainda sobre aquisições, o prefeito destacou também a compra de uma usina de asfalto e caminhões para pavimentação, computadores e novos carros para os serviços das secretarias.

Na Saúde, Francis disse que os atendimentos evoluíram muito. Anunciou que vai transformar o Hospital O Bom Samaritano num hospital universitário e lembrou a compra de ambulâncias e equipamentos novos para as unidades de saúde, como os aparelhos utilizados em fisioterapia e outros serviços médicos e ambulatoriais, além de ônibus para o transporte de pacientes para tratamento em Cuiabá .

Falando das dificuldades, Francis mencionou que o município de Cáceres é maior do que o Estado de Sergipe. “Com esse tamanho todo é muito difícil manter a conservação das estradas, mas já recuperamos muito, em vista do que era antes. Quando assumimos, as poucas máquinas que havia eram velhas e estavam todas quebradas. Nós conseguimos comprar máquinas novas, caminhões e tratores, mas ainda não são suficientes para um município de dimensões como o de Cáceres”, destacou, enfocando o trabalho de parceria com os agricultores, na recuperação das estradas e na construção de tanques para piscicultura, bebedouros de gado, irrigação de plantações e inseminação artificial de gado, para melhorar o plantel do rebanho bovino. Em poucos meses deste ano foram abertos 34 tanques e distribuídas cerca de 800 doses de sêmen bovino, gratuitamente.

Ainda sobre as estradas rurais, Francis lembrou que inúmeras pontes já foram recuperadas, algumas totalmente em concreto.

No setor de Obras, Francis destacou, além de novos asfaltos, a construção de novas creches e do novo PAM, em andamento, além das reformas de escolas e postos de saúde. Para escolas, serão instaladas placas de energia solar para diminuir os custos mensais na conta de luz. Sobre reformas e novas obras, Francis citou o “Postão” em frente ao Exército. “Era uma casa abandonada, quase caindo. Reformamos e hoje atende a população, com uma instalação adequada, inclusive climatizada. O Posto de Saúde do Caramujo era numa casinha pequena e acanhada, no meio de uma lagoa. Hoje, é uma referência nacional, em razão da qualidade de instalações. Lá, investimos mais de 700 mil reais em recursos próprios e outros 400 mil do Governo Federal”, reportou o prefeito. Sobre medicamentos, Francis conta que há, sim, como em todo o país, dificuldades em se conseguir alguns medicamentos, mas que o fornecimento atinge a 95% das necessidades dos pacientes.

Para o próximo ano, Francis anunciou melhorias nas obras de distribuição de água, saneamento, esgoto e escoamento de águas pluviais, com investimento de quase 600 milhões de reais, fundos à espera de aprovação por parte de instituições financeiras nacionais e internacionais. “Precisamos resolver de vez o problema da falta de água em alguns bairros”, garantiu.

Além da vice-prefeita e secretária de Educação, Eliene Liberato, o prefeito estava acompanhado dos secretários Wilson Kishi (Assuntos Estratégicos), Átla Gattas (Gabinete), Bruno Cordova França (PGM), Junior Trindade (Turismo e Cultura), Júlio César Borges (Fazenda) e Weslei Souza Lopes (Infraestrutura – Obras).