PUBLICIDADE

X

POLITICA

Sábado, 04 de Agosto de 2018, 16h:41

Olho 219 acessos A | A

CONVENÇÃO 2018

PSD oficializa candidatura de Fávaro ao Senado

O evento, que ocorreu com a presença dos partidos da coligação, lançou ainda a candidatura de Mauro Mendes ao governo e Jayme Campos ao Senado

Por: Andréia Sversut

Assessoria

Clique para ampliar

A Convenção Estadual 2018 do PSD – Partido Social Democrático, que homologou a candidatura do presidente regional do partido, Carlos Fávaro, ao Senado Federal, e de seus suplentes, Geraldo Macedo (PSD) e José Lacerda (MDB).

Na manhã deste sábado (04.08), ocorreu a Convenção Estadual 2018 do PSD – Partido Social Democrático, que homologou a candidatura do presidente regional do partido, Carlos Fávaro, ao Senado Federal, e de seus suplentes, Geraldo Macedo (PSD) e José Lacerda (MDB).  A convenção também oficializou as candidaturas do DEM com Mauro Mendes ao governo do estado e Jayme Campos ao Senado. Até às 17h, serão apresentados os candidatos a deputados estaduais e federais do PSD.

 

“Estou emocionado e me sinto muito honrado em estar aqui. Eu que vim de uma pequena propriedade, e que cheguei em Mato Grosso quando Lucas do Rio Verde era um assentamento de reforma agrária, me sinto vitorioso e abençoado. Mas muitas pessoas ainda não tiveram a oportunidade de viver a riqueza do nosso estado. A economia de nosso país deve muito ao nosso estado e, se for eleito, serei um senador que vai trabalhar para trazer de volta a riqueza que nosso estado proporciona ao Brasil. Vou lutar para fazer um Mato Grosso para todos os mato-grossenses”, afirmou Fávaro.

 

O candidato ressaltou que no Senado Federal todos os estados são iguais, pois têm a mesma representatividade e por isso travará uma batalha para trazer de volta para o Estado os recursos que os mato-grossenses fornecem ao país. “O senador não pode tudo, mas pode muito. Temos que impor respeito na política e também na economia para que a riqueza que produzimos gere oportunidades aos mato-grossenses, como o acesso à internet, cursos de qualificação, infraestrutura logística, segurança pública de forma efetiva, principalmente na fronteira para atender os 750 km de divisa seca que o estado possui com a Bolívia. Não precisamos de um salvador da pátria, mas sim da união de forças”, disse ele.

 

Durante sua fala, o candidato do DEM ao governo, Mauro Mendes, destacou a importância da candidatura de Carlos Fávaro ao Senado. “Fávaro representa o novo e fará diferença no Senado Federal. Tenho certeza de que, em Brasília, trabalhará muito para transformar as dificuldades em oportunidades para todos os mato-grossenses. Estou muito confiante no nosso grupo, estamos fortes e unidos pelo bem do nosso estado”, disse ele. 

 

Fávaro enfatizou que esse é um novo momento para Mato Grosso. “Não dá para admitir mais quatro anos no atraso, o estado não pode ser governado por quem não sabe administrar a máquina pública. Confesso que tive tristeza no coração quando vi o rumo que as coisas estão tomando, mas a minha motivação é muito maior para construir um novo futuro. É uma grande oportunidade estar junto com os meus parceiros, Geraldo e Zé Lacerda, com Mauro Mendes e Jayme Campos nessa caminhada. Precisamos de um governador que tenha respeito pelo cidadão, que saiba falar e cumprir a verdade para trazer de volta a prosperidade para Mato Grosso”. 

 

Além do governador e dos dois senadores, também foi homologada a candidatura de Otaviano Pivetta (PDT) como vice-governador. O evento, que teve início às 8h no Ginásio Dom Aquino, em Cuiabá, seguirá até às 17h.  No mesmo local também ocorrem as convenções partidárias das siglas do grupo:  DEM, PDT, MDB, PHS, PSD e PSC.