PUBLICIDADE

X

POLITICA

Terça-feira, 30 de Junho de 2020, 07h:41

Olho 434 acessos A | A

FUNDO EMERGENCIAL

Vereadores de Cáceres devem votar nesta manhã, uso de recurso Federal para ampliação de cozinha comunitária

Reprodução

Clique para ampliar

Do montante, o prefeito pretendia destinar aproximadamente R$ 450 mil para construção civil e R$ 200 mil para compra de móveis e veículos.

 
A proposta do Poder Executivo é destinar aproximadamente R$ 450 mil para construção civil e cerca de R$ 200 mil para compra de móveis e veículos.
 
O projeto foi para votação na semana passada e foi duramente criticado pelos vereadores da oposição que exigem que o recurso seja usado unicamente na assistência à população carente que hoje convive com as restrições de circulação e com o fechamento do comércio.
 
"É justo, neste momento, destinar dinheiro que veio por conta da pandemia para compra de veículo, compra de mobiliário e construção civil?", questionou o vereador Cézare Pastoerello (SD) antes de proferir seu voto contrário ao projeto.
 
Na sequência, o vereador José Eduardo Torres (PSC) fez um pedido de vista do projeto, acompanhando o entendimento do vereador Pastorello de que a destinação apresentada não parecia ser emergencial.
 
O vereador acabou tendo apoio da maioria dos parlamentares que participaram da sessão virtual e uma nova sessão será agendada para a próxima amanhã, data em que o projeto deve ir para votação novamente.
 
Emenda
 
Em entrevista ao Olhar Direto, o vereador Cézare Pastorello disse que uma emenda que prevê a ampliação do valor da assistência direta à população carente será apresentada durante a sessão.
 
“Esta emenda propõe ampliar o valor a assistência direta, aquelas para doações a população. Vamos jogar esta responsabilidade aos vereadores da base, porque a cidade está passando fome”, explicou.

Leia mais sobre este assunto